Parte da Igreja em Pernambuco

Recife, Paulista, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Igarassu, Caruaru, Goiana, São Lourenço, Condado, Barra de Sirinhaém, Juripiranga e outras cidades circunvizinhas.

Fundamentados e Frutíferos

01-12-2012 19:30

 

FUNDAMENTADOS E FRUTÍFEROS

Amados, temos tido com a graça de Deus excelentes esclarecimentos sobre a visão do Reino de Deus, bem como, temos aprendido como aplicar...

 

Mas, o Senhor tem trazido ao nosso coração uma carga forte sobre reavaliar princípios recebidos, já aclarados, aquelas coisas que atendendo ao tempo decorrido já devíamos ser mestres (Hebreus 5:12-14) vamos ler:

 

5.12 Pois, com efeito, quando devíeis ser mestres, atendendo ao tempo decorrido, tendes, novamente, necessidade de alguém que vos ensine, de novo, quais são os princípios elementares dos oráculos de Deus; assim, vos tornastes como necessitados de leite e não de alimento sólido.


5.13 Ora, todo aquele que se alimenta de leite é inexperiente na palavra da justiça, porque é criança.


5.14 Mas o alimento sólido é para os adultos, para aqueles que, pela prática, têm as suas faculdades exercitadas para discernir não somente o bem, mas também o mal.

 

O que podemos entender desses versos?

  1. Que muitos de nós já deviam ser mestres (Praticantes)
  2. Que já houve um tempo decorrido
  3. Necessidade de revisão (ensinar de novo)
  4. Que adultos comem alimento sólido (não se engasga com facilidade, sabe comer)
  5. Tornam-se amadurecidos pela prática (tem suas faculdades exercitadas)
  6. Discernem tanto o bem como também o mal

 

Bem, avaliando tudo isso, fiquei pensando... por onde começar?

Lembrei de um salmo:

“Salmos 11.3 – Ora, destruídos os fundamentos, que poderá fazer o justo?”

Poderemos edificar algo sem estarmos com os fundamentos inteiros?

Quais fundamentos?

Comecei a lembrar-me de tudo, desde o início...

 

 

Quais são os fundamentos em tua vida que podem estar destruídos?

  • Entendes e praticas o discipulado na essência?
  • Tua participação na igreja na casa é completa?
  • Sabes que as bases da igreja na casa é a UNIDADE (Que é a comunhão), a EDIFICAÇÃO (Que tem haver com o ensino, treinamento e capacitação) e a MULTIPLICAÇÃO (Que está relacionado com o dar frutos)?
  • Tens ciência de que o Espírito Santo é teu amigo, consolador, que é Ele que te ilumina para conheceres a Cristo?
  • Que a palavra de Deus é a espada, que é a lâmpada para os nossos pés, que é escudo e broquel, que é a água que te limpa?
  • Que o Senhorio de Jesus é a base para se viver no reino de Deus?
  • Que não podes ser discípulo de Jesus sem ser santo em todo o teu procedimento?
  • Que és um sacerdote? Um proclamador, uma testemunha de Cristo?
  • Sabes que deves fazer discípulos em todas as nações e ensiná-los a guardar tudo o que o Senhor tem ordenado?
  • Sabes que não podes viver fora do corpo de Cristo, que tens que estar suprido e bem vinculado?
  • Que deves amar, servir, orar, ser santo, pregar ao mundo e tudo isso como Jesus?

Bem amados, dá para fazer um retiro...

Eu desejo me ater a alguns pontos específicos...

Quero que você agora olhe para Jesus, olhe para Ele como quando você se decidiu a andar com Ele, a ser totalmente dEle, a viver para Ele... lembra?

Você não colocou condições.... você se entregou, se ofereceu a Ele, decidiu fazer a sua vontade, realizar a sua obra, viver para Ele!

O que você perdeu?   O que te sufocou?    O que te distraiu?  O que tem te atrapalhado?

Podemos colocar culpa em muitas coisas... a vida é difícil, os problemas são grandes, os irmãos são problemáticos, chatos e cobram muito, eu sou muito ocupado, tenho sonhos, quero me realizar profissionalmente, tenho minhas expectativas, quero casar, quero ter sucesso...

 

Mas você sairá daqui hoje transformado, sairá totalmente consciente e equipado, sairá definido.

 

Vamos colocar as coisas por ordem:

Primeiramente você deverá crer e declarar que é uma nova criatura, um discípulo que negou a tua vida, renunciou a tudo que tens, que decidiu tomar a cruz, perder a vida por amor a Jesus.

Amém? É isso mesmo?

Então, podemos continuar, podemos continuar a colocar os fundamentos em nossa vida em ordem.

Porque o Principal Fundamento é Cristo! 1 Coríntios 3:10-11 Segundo a graça de Deus que me foi dada, lancei o fundamento como prudente construtor; e outro edifica sobre ele. Porém cada um veja como edifica. Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que foi posto, o qual é Jesus Cristo.”

Tudo amados é Dele, é por meio Dele e para Ele! Romanos 11:36

Precisamos começar olhando para Jesus, a sua Dependência do Pai, a sua forma de atuar, a sua atitude de coração... Ele é o nosso Modelo!

Claro que para ter este fundamento em tua vida, devidamente ajustado precisas passar pela porta do Reino de Deus. Você precisou ter se arrependido de seus pecados, ter mudado a tua mente, ter experimentado mudar o governo de tua vida para entrega-lo completamente a Deus.

Precisou também ser colocado em Cristo, ter mergulhado em Cristo, se revestido de Cristo, morrer e ressurgir com Ele em novidade de vida... e também precisou receber o Dom do Espírito Santo, ser cheio, “pimpleimi” e “pleiros”. Ser cheio de fora para dentro e principalmente de dentro para fora, transbordar no Espírito, abundância de águas fluindo do teu interior...

Quanto precisamos disso... o tempo passa e essas coisas vão perdendo sua real força, vamos nos acostumando a viver no reino e esquecemos de usufruir de coisas simples e potentes, de recursos que o Senhor nos deu.

Quais recursos?

A Pessoa do Espírito Santo, que nos comunica seus dons, seu fruto, a vida de Cristo, nos faz contemplá-lo, olhar para nosso amado, limpa nossos olhos, bendito colírio espiritual!

Outro recurso que possuímos é podermos orar... falar com o Pai, falar com o próprio Senhor... a Oração é um recurso indispensável para vivermos como discípulo no reino de Deus.

Outro recurso que temos é a palavra de Deus. Seu Kerigma e o Didaquê. Ensinos claros, palavras específicas, advertências, orientações, mandamentos, o próprio Cristo.

Ainda temos a clareza do Evangelho do Reino, que transforma a palavra de Cristo em aplicação, que traz definição.

E ainda temos Dons e Ministérios para serem usados nessa vida de Cristo que vamos viver.

Contabilizou?

O Espírito Santo, A oração, A palavra de Deus, o Evangelho do Reino e os Dons e Ministérios.

Agora que já esclarecemos o que somos, que estamos supridos, precisamos estar bem vinculados.

Quero falar de seu Sacerdócio, sua vida no corpo.

Você já está vinculado? Já está vivendo através do relacionamento como membro do corpo de Cristo?

Nas juntas e ligamentos, podemos vivenciar isto de duas formas: Discipulado e Companheirismo.

O primeiro está voltado para o nosso aprendizado, nossa fundamentação, nossa capacitação, é um processo de qualificação, aonde podemos receber instruções, somos desafiados a viver imitando a Cristo em alguém, podemos ter um pai ou mãe espiritual.

O segundo está voltado para o serviço, para a proclamação, para fazer discípulos, cuidar juntos de vidas, servirem, pois foi o Senhor quem nos ensinou a andar de dois em dois.

No discipulado precisamos de alguém que seja manso, humilde e submisso, que procure depender e tenha admiração e respeito por quem lhe cuida, assim também, quem cuida precisa ter um coração paterno, ter disposição de abrir mão da privacidade e da comodidade.

Ensinar com a vida, com o exemplo, com a palavra de Deus e fazer isso em todo tempo e em todo o lugar.

No companheirismo, é preciso ter atitudes e atividades.

Principais Atitudes – Amor, Submissão, Transparência e Perdão

Principais Atividades – Orar, Aconselhar, Servir e Fazer Discípulos

 

Bom amados, por hoje, ficaremos com isso. Vamos sair daqui com a clareza de estarmos fundamentados, com a vida alinhada com a visão que Jesus nos deu.

Você precisará repensar sobre tudo o que tens vivido, e creio que irás viver.

A continuação disso é procurar multiplicar a vida de Cristo – FRUTIFICARMOS.

Esse assunto, trabalharemos em outra oportunidade.

 

Em amor,

 

Carlsberg Jr